blog-banner

Kit de ferramentas básico para qualquer pessoa

Publicado em: 24/04/2020 15:27 | Atualizado em: 24/04/2020 15:27

Saiba o que não pode faltar na sua maleta na hora de realizar algum reparo 

 

Se acha que nunca vai precisar fazer algum reparo sozinha(o) e que o marido da sua vizinha vai sempre poder te ajudar ou emprestar um alicate, está enganada(o). Todos nós precisamos de algumas ferramentas básicas em casa para trocar uma resistência do chuveiro, pendurar aquele quadro bacana ou até mesmo para realizar um reparo maior.

 

O mais legal é que você vai pegar gosto pela experiência de criar sua própria coleção de ferramentas e, principalmente, vê-la crescer. Algumas famílias têm tanto apreço por suas ferramentas que vão passando-as de geração a geração. Isso porque além de realizar reparos, com elas é possível criar os próprios móveis ou equipamentos eletrônicos, tendência que foi chamada de DIY (Do It Yourself).

 

Mas vamos com calma. Em primeiro lugar, compre uma maleta ou uma bolsa que caiba todas as ferramentas que você pretende adquirir. Aqui vai uma lista daquelas que são essenciais para qualquer ocasião:

 

1. Chave de fenda  

Uma das ferramentas mais básicas, sua função é apertar e afrouxar parafusos com fenda. Recomenda-se ter de 3 a 5 tamanhos dessa chave, por isso comprar o jogo pode ser vantajoso. Mas, se você optar por comprar separadamente, os tamanhos mais usados são 1/8x3”, 3/16x4” e 1/4x 5”. Lembrando que quanto maior o pescoço da chave, maior o seu torque.

 

2. Chave Philips

Como a chave de fenda, a chave Philips é uma ferramenta indispensável em qualquer maleta, uma vez que os parafusos de equipamentos eletrônicos geralmente são desse tipo. Seu encaixe tem formato de cruz e não é recomendado substituí-la pela de fenda devido ao risco de danificar o parafuso. Tenha pelo menos dois tamanhos dessa chave, como 1/8x3” e 3/16x4”.

 

3. Alicate universal

Com ele é possível apertar porcas, desencapar fios, dobrar metais, entre outros usos. É a ferramenta mais polivalente do kit e uma aposta certeira para reparos gerais, pois conta com um ótimo custo benefício. Depois do alicate universal, você pode adquirir outros mais especializados como o de bico e o de corte.

 

4. Martelo

Muito útil para pendurar quadros e consertar móveis, o martelo está disponível em dois tipos: o de unha e de bola. O primeiro é o mais encontrado nas residências, já que a unha possibilita a retirada de pregos facilmente. E atenção! O ideal para não acertar o dedo é o martelo de tamanho médio (300g), não se engane em comprar o grande logo de início.

 

5. Trena e nível

Ferramentas de medida que não podem faltar. Com a trena, você pode medir com facilidade móveis, paredes, áreas para colocar pisos, etc. As mais comuns são as retráteis de metal, compre de preferências as que têm trava para não perder a marcação. Já o nível é muito útil para colocação reta de quadros e estantes, além da construção de móveis firmes e alinhados.

 

6. Arco de serra

 Não será a ferramenta mais utilizada do kit, mas evita que você tenha que cortar canos PVC com uma faca de pão. Além disso, a ferramenta também pode ser utilizada para cortar madeira, plástico e até metais finos.Uma ótima vantagem é que a serra pode ser substituída quando estiver desgastada. 

 

7. Fitas

Existem diversos tipos no mercado e a escolha depende principalmente da sua necessidade. Temos as fitas multiuso como a Silver Tape, fitas dupla face, entre outras. Contudo, é sempre bom contar com uma fita veda rosca e uma fita isolante em sua caixa de ferramentas. Nunca se sabe quando você precisará delas.

 

8. Chave combinada

Outro item com uma boa polivalência é a chave combinada. Isso porque ela possui uma ponta com chave de boca e a outra com unit drive, boas soluções para o aperto e desaperto de porcas, parafusos quadrados, sextavados e dodecagonais. Podem ser usadas na manutenção de carros, bicicletas e até peças hidráulicas de banheiros.

 

9. Furadeira e brocas

Apesar do custo maior em relação às outras, a furadeira é um investimento que vale a pena ser feito. Com ela, você consegue colocar estantes, armários, suportes variados, quadros, espelhos. Estão disponíveis em diversos tamanhos e calibres. Algumas contém bateria, o que garante mais mobilidade ao usuário.

 

10. Chave de teste ou multímetro

Dois equipamentos importantíssimos na realização de reparos elétricos. Eles evitam que você acidentalmente encoste em fios, tomadas ou terminais com presença de corrente ao indicar sua presença pelo mostrador. 

 

Outras utilidades que você deve incluir na sua caixa de ferramentas são: extensão; lanterna e pilhas; lápis, borracha e régua; além de parafusos, pregos, arruelas e porcas de vários tamanhos. Assim, você evita ser pego de surpresa quando seu chuveiro queimar em pleno sábado a noite.

 

E aí, gostou das dicas? Então vem montar seu kit ferramentas aqui na Completa. Temos uma imensa variedade de chaves, alicates, parafusos e tudo o que você e seus clientes precisam para consertar a casa inteira. Não perca o próximo post do blog e até a próxima!

 

Para mais infomações sobre estoque, preços e condições comerciais acesse nossos Termos e Condições

© Todos os direitos reservados COMPLETA - 2020