blog-banner

Atacadista ou fábrica? Acerte na escolha e obtenha o melhor custo-benefício!

Publicado em: 28/04/2020 08:46 | Atualizado em: 28/04/2020 08:46

 

Para que sua loja consiga um lucro melhor com os produtos que comercializa, ela precisa de bons fornecedores. Seja para compras com atacadista, ou direto da fábrica, o importante é abastecer o estoque com mercadorias de baixo custo e alta qualidade. Assim, é possível adquirir diversos itens com pouco investimento, o que garante uma margem de lucro maior nas vendas. Ou seja, o ideal é comprar barato e vender por um preço competitivo.

 

Então, se existe a opção de abastecer o estoque em atacadistas ou diretamente da fábrica, qual seria a melhor opção? Continue lendo este artigo e descubra!

 

Comprando com atacadista

As compras no atacado podem ser feitas sem complicações. Geralmente, os atacadistas vendem apenas para pessoas jurídicas e trabalham com diversos fornecedores, ou seja, há uma boa variedade de produtos e preços.

 

O lojista que abastece seu estoque no atacado não precisa comprar quantidades tão altas do mesmo item, ao contrário do que se estivesse comprando direto da fábrica. Com isso, é possível comprar a quantidade desejada de produtos, podendo investir mais na variedade dos itens. É possível adquirir apenas o que é necessário, em unidades ou em pacotes.

 

Concentrando suas compras em um único fornecedor atacadista, o lojista consegue investir no mix de produtos, fazendo com que seu estoque gire mais rápido, além de também economizar em frete e possíveis tarifações. Isso possibilita que a margem de lucro seja boa e que consiga oferecer constantemente lançamentos, sem dificuldades para repor suas faltas.

 

Outra vantagem de adquirir produtos no atacado é escolher uma empresa que atenda todo o território nacional. Ou seja, mesmo que o seu negócio não esteja na mesma localidade do atacadista, ele faz o envio da mercadoria, fazendo com que o lojista não fique preso a fornecedores apenas de sua região.

 

Não é preciso se preocupar com o transporte e toda a logística, porque, na maioria das vezes, tudo isso fica a encargo do atacadista, o que significa uma preocupação a menos e a certeza de receber os produtos sem danos e dentro do prazo.

 

Não há desvantagens relevantes ou expressivas nas compras por atacado. Somente é preciso que o varejista esteja atento à empresa que escolheu como sua fornecedora. Isso porque é necessário qualidade e preço baixo para fazer um bom negócio.

 

Por isso, embora não haja desvantagens, é preciso estar atento para:

- Qualidade dos produtos ofertados pelo atacadista;

- Atendimento e suporte oferecidos;

- Qualidade e agilidade na entrega das mercadorias;

- Flexibilidade nas negociações;

- A possibilidade de troca de mercadorias defeituosas.

 

Para abastecer o estoque com mercadorias de um atacadista, basta pesquisar aqueles que trabalham com os produtos que sua empresa comercializa e, então, entrar em contato com o setor de vendas a fim de se informar sobre o sistema de trabalho e condições das negociações.

 

É interessante dar preferência para atacadistas que já têm tempo de mercado, afinal, dessa maneira é possível ter a segurança de sempre poder contar com os serviços desse fornecedor e não ficar sem mercadorias para reposição.

 

Comprando direto da fábrica

Como foi dito, além da opção de renovar o estoque com produtos adquiridos no atacado, também é possível comprar direto da fábrica. E vamos falar sobre isso para que você conheça as vantagens e desvantagens dessa negociação.

 

O primeiro ponto vantajoso de negociar diretamente com a fábrica é o preço. Como você comprará produtos na fonte, eles não terão custos adicionais, ou seja, sairão mais em conta.

 

Essa é uma grande vantagem, porque você consegue comprar por um preço menor e, com isso, é capaz de trabalhar com uma alta margem de lucro, sem precisar supervalorizar a mercadoria. Assim, seu preço pode ser mais competitivo e mais atrativo para os clientes.

 

No entanto, adquirindo diretamente da fábrica, é preciso comprar grandes quantidades de um mesmo produto — bem mais do que quando se negocia com o atacado. Essa quantidade varia segundo o sistema de trabalho de cada fábrica.

 

Ou seja, paga-se menos pela unidade, porém, o investimento é alto, em razão do grande volume de compras. E ainda temos o detalhe de que você vai adquirir muitas unidades de uma mesma mercadoria.

 

Assim, é preciso ter certeza de que esse volume de produtos terá saída, para que o investimento não seja perdido e acabe se transformando em prejuízo. Nesse caso, é fundamental conhecer seu público e estar atento para a expectativa de vendas.

 

E o mesmo se dá com os demais produtos que você deve adquirir. Afinal, sua loja não possui apenas um tipo de mercadoria e de um modelo só, não é? É preciso diversificar e, comprando direto da fábrica, é necessário ter um amplo capital de giro a fim de conseguir pagar por tudo isso.

 

E lembre-se, também, que um grande volume de compras requer espaço para estocar essas mercadorias. Então, é preciso observar se você realmente dispõe de um local adequado para armazenar tudo aquilo que pretende adquirir.

 

Outro ponto que pode ser uma desvantagem é a entrega. Confirme se a fábrica possui este serviço ou se é você quem deve providenciar o transporte e fazer a retirada. Esse pode ser mais um gasto, caso a empresa necessite terceirizar o transporte.

 

Por outro lado, existe a possibilidade da fábrica oferecer um excelente suporte para que o varejista conheça tudo sobre o produto adquirido, saiba manusear, como utilizar, como vender, entre outros detalhes.

 

Para adquirir produtos diretamente da fábrica, é preciso pesquisar por aquelas que produzam a mercadoria que sua loja comercializa e entrar em contato com o setor de vendas. Verifique se o estabelecimento negocia diretamente com varejistas ou não.

 

Decidindo pela melhor opção

Como você pôde ver, comprar no atacado ou diretamente da fábrica oferece vantagens para o varejista. Sendo assim, a decisão de optar entre um ou outro deve ser baseada nas necessidades de seu negócio.

 

Cada uma tem sua forma de atuar no mercado, tem um público específico que tem preferências e um determinado perfil. Por isso, o ideal é trabalhar de forma que você consiga atender a sua clientela.

 

Também deve-se analisar o capital para investimento, o benefício em longo prazo, a saída de mercadorias, se há prazo de validade, entre outros detalhes que vão indicar se é melhor comprar menos produtos com maior diversidade ou então investir em grandes quantidades.

 

Assim, comprar no atacado ou direto da fábrica não é mais ou menos indicado, mas depende das particularidades de cada varejista. E cabe a cada um analisar o perfil do seu negócio para definir a opção que oferece melhor custo-benefício.

 

Quer saber mais sobre a negociação com atacadistas? Então, entre em contato conosco para esclarecermos suas dúvidas!



Para mais infomações sobre estoque, preços e condições comerciais acesse nossos Termos e Condições

© Todos os direitos reservados COMPLETA - 2020