blog-banner

A crescente participação de mulheres na marcenaria

Publicado em: 17/04/2020 10:24 | Atualizado em: 17/04/2020 10:27

 

Acompanhando tendências mundiais, a participação das mulheres no mercado de trabalho brasileiro aumenta cada vez mais. Em relação às indústrias, no qual se encontra o setor moveleiro, a presença feminina cresceu 14,3% em 20 anos, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego. Enquanto em 1995, elas representavam 22,5% dos postos formais, em 2015 passaram a representar 25,8% do total.

 

Apesar da maior participação na indústria, no ramo da marcenaria em geral, a presença feminina ainda é muito baixa: 3,4% contra 96,6% masculina. As marceneiras também enfrentam grande desigualdade salarial, recebendo em média 14,8% a menos que os homens. Os dados são do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) de 2019. 

 

Esses números levam a entender que setores como esse ainda são muito masculinizados, mas que em parâmetros gerais, mudanças vêm ocorrendo, mesmo que de forma lenta. Um exemplo disso é o surgimento crescente de cursos de marcenaria para mulheres e ascensão de negócios de produção artesanal totalmente comandados por elas. 

 

Sensibilidade como vantagem

A aparente fragilidade do corpo feminino sempre se mostrava como justificativa para a definição de locais onde a mulher poderia ou não estar. Entretanto, até mesmo limitações para carregar peso podem ser supridas com soluções do mercado, como por exemplo serviços que entregam chapas de MDF já cortadas para facilitar o manuseio.

 

Além disso, algumas características mais proeminentes em mulheres, como a percepção visual e o apreço pelos detalhes, são diferenciais no resultado do móvel, principalmente na fase dos acabamentos. Veja algumas diferenças comportamentais entre os sexos.

 

Motivos para construir seus próprios móveis

Fora razões profissionais, muitas mulheres se envolveram na onda do DIY (Do It Yourself), que é uma tendência mundial de construir, reparar ou renovar objetos com as próprias mãos. Nesse sentido, listamos aqui alguns motivos para você começar a pensar em marcenaria:

 

  • Ótimo hobby para relaxar e exercitar a criatividade;
  • Proporciona a aquisição de algo exclusivo e feito pelas próprias mãos;
  • Pode reduzir o custo com móveis pela metade;
  • É uma prática de economia sustentável (reaproveitamento).

 

Dicas de conteúdo

Vencer o preconceito não é um caminho fácil, mas a cada nova história de sucesso, outras se tornam capazes de nascer. Confira dicas de conteúdos bacanas para saber mais e se inspirar com mulheres que também seguiram a ideia:

 

Na Completa você encontra tudo que precisa para começar, desde ferramentas até ferragens para móveis com os melhores preços e entrega rápida. Não deixe de conferir outros posts no Blog da Completa e curtir a nossa página no Facebook para sempre ser avisada sobre coisas novas.

 

 

Para mais infomações sobre estoque, preços e condições comerciais acesse nossos Termos e Condições

© Todos os direitos reservados COMPLETA - 2020